U2 no Brasil (2011) – Parte 1

Vamos seguir com os textos que vocês amam: “eu me ferrando lindamente para a alegria de vocês”.Este é um daqueles textos que vão ficar enorme, mas é o que acontece quando a gente escreve sobre um assunto que gosta ou conhece: a  gente empolga e perde um pouco o foco.Então eu decidi dividir a história pra facilitar e diminuir o tamanho da postagem.

É de conhecimento geral que minha banda favorita é o U2 desde os meus 11 anos.Descobri a banda no final de 1997 e assisti vidrada a turnê Pop Mart na MTV que transmitiu um dos shows no Brasil  ao vivo.Em 2006 por problemas de saúde não pude ir ao show e eu fiz uma promessa pra mim mesma que na próxima oportunidade e ela veio em 2011.

Eu já sabia do esquema dos assinantes do U2.Com terem prioridade nas compras então eu e a Luana rachamos o valor da assinatura e ficamos na expectativa para que no Brasil funcionasse da mesma forma.No dia da abertura das vendas na internet ela estava na faculdade e eu em casa desesperada, estava chovendo muito e eu de pijama sentada na sala tentando abrir o site da T4F, eu nem vou contabilizar a incompetência dessa empresa na maré de revezes nesse post senão vai virar uma história de terror.O cartão não passava de jeito nenhum e eu vendo todos meus amigos conseguindo ingresso no Twitter.

Nessa pré-venda não havia opção de meia entrada e eu desesperei achando que iria ficar sem, liguei pra Luana e combinamos: vamos em um só.è o que o dinheiro dá.Sorry amiga.Subi correndo na chuva (e de pijama) pra casa da minha avó e pedi o cartão emprestado quase chorando.E cara deu certo.Consegui dois ingressos pro dia 9.Eu sai correndo de novo pulando pela casa.Foi uma sensação ótima.

No meio tempo entre a compra e o show muita água rolou: meu estágio terminou em janeiro, uma semana depois eu estava fazendo uma viagem magnífica.Houve uma falta de planejamento da minha parte.Eu torrei quase todo o dinheiro que eu tinha nessa viagem.Apesar de ter sido presente dos meus tios e deles expressamente terem dito que eu não gastaria um centavo eu me fudi.Eu comprei muita roupa pra levar pro navio e ainda gastei o resto por lá comprando.Eu não guardei um centavo sequer pra ir pro show.

Eu caguei no plano inicial todo que era: avião + hotel + show do dia 9+ hotel + show do dia 10+ hotel+ avião de volta pra casa.Até hoje eu me culpo porque por causa da minha burrice eu privei a Luana de curtir mais que eu.Eu sei que ela poderia ter dado um pé em mim e feito tudo sozinha mas eu convenci ela.Eu fui uma babaca que tava com medo de ficar sozinha em SP e me ferrar.

O dia estava se aproximando e a gente não tinha resolvido nada, depois de bater cabeça e analisar preços decidimos (e de novo eu sinto que eu bati o pé demais nessa parte e destruí tudo de novo) que iríamos com o pessoal do UFMG Rock, busão mesmo e excursão. Sairíamos do centro de BH na sexta feira dia 8 a noite, chegaríamos em Sampa no dia do show de manhã e já ficaríamos na fila.No fim do show voltaríamos pro bus e partiu BH.Bate e volta simples assim.

Algumas amigas que estavam dormindo na fila há alguns dias falaram que iam guardar um lugar pra gente e claro contaram esfregando na cara que o Bono e o Edge tinham ido praquelas bandas e elas tiraram foto, pegaram na mão e essas fangirlices todas.Eu já estava pagando por escolhas erradas. Não consegui prestar atenção na aula que eu tive aquele dia, aula de América II.Cheguei em casa depois de pegar um trânsito absurdo.Acabei de conferir a mochila (comida, blusa de frio, capa de chuva, câmera fotográfica) e esperei dar a hora de voltar pro centro.Eu estava prestes a hiperventilar.

O ônibus estava marcado pra sair mais cedo mas só arrancamos a meia noite.Prometeram um bus moderno e cheio de frufrus.Não era. Não vou falar que é o pior ônibus que já viajei na vida, mas aquele ônibus era velho o suficiente pra fazer uma festa de debutante no mínimo.Pedi pra Luana pra ir na janela ( nesse momento do texto vocês já notaram que eu sou a pior amiga do mundo e que a Luana é a pessoa mais paciente do universo) e desandei a falar, eu não conseguia dormir, alias eu acho que o pessoal do ônibus estava no mesmo esquema que eu, dava pra ver a ansiedade na cara das pessoas.

O responsável pela excursão passou números de telefone, algumas instruções e colocou um DVD do U2.Algumas pessoas cantaram junto, outras roeram unha, outras queriam dormir e eu lá tagarelando.Já falo muito normalmente mas quando eu estou nervosa é verborragia. Quando eu consegui dormir já eram quase duas horas da manhã.Eu me sentia como a melhor pessoa do mundo.Iria realizar um sonho de longa data e conhecer alguns amigos do U2 MOFO.No meio do turbilhão pensei “nada pode dar errado”.Só que as coisas sempre podem dar errado…

[ nos próximos dias devo postar a parte 2 com participação especial da Lady Murphy e se for necessário eu faço uma parte 3 com o show em si ]

Anúncios

2 pensamentos sobre “U2 no Brasil (2011) – Parte 1

  1. Obrigada pelo teu relato!!! Fiquei com umas saudades loucas dos shows e das nossas conversas U2 related … or not 🙂

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s