50 perguntas que libertam a mente – Parte 3

Finalmente cheguei a terceira parte das perguntas.Devo confessar que algumas realmente me fizeram quebrar a cabeça pra responder por não serem assuntos que eu já parei pra pensar algum dia, é muito bacana perceber o quanto de nós mesmos não conhecemos.

Mas vamos as perguntas.

31. Quando no seu passado recente você se sentiu mais vivo e intenso?
O dia que vi meu nome na lista de aprovados do vestibular.Eu acho que poucas vezes senti uma felicidade tão honesta na minha vida e eu lembro o dia todo em detalhes até hoje.Acho que nunca chorei, pulei, gritei tanto num mesmo dia como aquele.

32. Se não agora, quando?
Amanhã, antes tarde do que nunca.

Continuar lendo

50 perguntas que libertam a mente – Parte 2

Continuando a responder as perguntinhas.

11. Você está almoçando com três pessoas que respeita e admira. Todas elas começam a criticar um amigo íntimo seu, não sabendo que é seu amigo. A crítica é injusta e de mau gosto. O que você faz?
Provavelmente eu vou falar que conheço a pessoa e defender das acusações, já fiz isso antes e não me arrependi.

12. Se você pudesse dar um único conselho a um recém-nascido, qual seria?
Não que um recém-nascido conseguiria me entender, mas em todo caso eu diria que as opiniões que as pessoas tem de você quase sempre estão erradas, então o melhor é não se importar com que os outros pensam de você.

Continuar lendo

50 perguntas que libertam a mente – Parte 1

Começando a botar em prática os planos do Projeto 101 .Achei interessante essa ideia de responder a  “perguntas que libertam a mente” e já que um dos maiores objetivos do projeto é o auto conhecimento achei interessante incluir essa tarefa na minha listinha.

Optei por pegar as perguntas em português pra facilitar minha vida de preguiçosa.Para não ficar maçante vou dividir as perguntas em cinco blocos e responder aos poucos, porque nem todas vão ser respondidas sem pensar muito a respeito e com respostas curtas.

Não existe certo ou errado nas respostas, o principal é tentar responder forma honesta consigo mesmo.
Continuar lendo