First things first ou tentando ter um blog … de novo

Eu sempre gostei de escrever.Desde criança eu sempre era vista com algum caderno na mão escrevendo sem parar.Quando tinha nove anos cheguei inclusive a escrever um livro,200 páginas escritas a mão em um caderno espiral, sobre um menina detetive que investigava a casa supostamente assombrada do vizinho.Tudo isso para depois em uma crise de adolescente queimar tudo e achar que era incompetente demais para ser escritora.

Anos depois entrei no universo das fanfictions, escrevia como se não houvesse amanhã.Publiquei pouca coisa na internet e guardei a grande maioria dentro de fichários e cadernos velhos.Publiquei pouco pois sempre tive medo de ouvir que não sabia escrever bem.

O caminho mais natural ao meu ver é que eu criasse um blog, afinal escrever sempre foi um dos meus passatempos favoritos.E realmente eu o fiz, várias vezes na verdade mas nenhum deles durou tempo suficiente.Porém toda vez que eu via algum amigo falando de seu blog me batia aquela vontade de escrever também, eu só queria conseguir…

Perguntei pra mim mesma o que dava errado, deveria existir um motivo pra eu criar um blog e pouco tempo depois abandoná-lo e ficar sem motivação para escrever.O problema é que eu comecei errado, estava fazendo as perguntas erradas.Ao invés de me preocupar com qual plataforma eu iria usar,se ela proporcionaria uma expansão no futuro e customização e que tipo de leitor eu teria eu deveria ter me perguntado: Por que eu quero escrever?

Fracassei nas outras tentativas pelo simples fato de ter expectativas erradas, de me preocupar com coisas que vem depois e não antes.O importante não é tentar fazer algo grandioso logo de cara mas sim construir um caminho possível pra que se torne algo relevante e positivo.

Vou tentar mais uma vez.

Anúncios